sexta-feira, 28 de agosto de 2009

a arte

é a qualidade estética que nos faz reconhecer uma obra de arte?
sendo a estética relativa, subjectiva e a maior parte das vezes ineligível, sob este aspecto é sem dúvida indefinível, não há descrição consensual na história ou na filosofia do que é uma obra de arte.

apenas os juristas têm uma definição rigorosa elaborada por coleccionadores, conservadores e representantes do mercado da arte em total conhecimento de causa. O que se entende juridicamente por uma obra de arte não é mais que limitar-se a indicar objectos negociáveis e não abarca nem a literatura, nem a música nem as artes do espectáculo, nem tão pouco recorre a nenhum julgamento estético. toda a noção de qualidade está ausente.

uma obra de arte define-se assim por apenas dois critérios: ela é única e produz um numero limitado, ou ela deve ser obrigatoriamente fabricada ou controlada pelo artista.

portanto qualquer objecto não reproductível pode ser um arquétipo de objecto de arte, qualquer quadro medíocre é uma obra de arte qualquer que seja o julgamento pessoal que tenhamos sobre ele.

a sua qualificação como obra de arte não depende nem do estilo nem da época, nem da notoriedade do autor apenas tem que ser "original".

ora, ser "original" é uma noção complexa que engloba noções de novidade, autenticidade e unicidade. Sendo que a novidade e a autenticidade podem ser produzidas industrialmente resta a unicidade ou dito de outra forma as "fabricas de raridades"....

5 comentários:

A Silenciosa disse...

Engraçado, tive uma discussão destas há pouco tempo (aliás duas)

Uma com um "artista" que fabrica os tais originais, e uma com alguém que produz "artistas".

Para mim confesso que tenho uma definição muito minha; sendo que eu não sou artista, arte é tudo o que eu não consigo fazer.....( boa hem?)

Por isso, uma árvore é uma obra de arte, o ventos nas folhas faz um som único, é arte, música clássica faz-me sonhar e viajar, é arte.....

De facto existem muitas obras de arte, mas muitos menos, do que certos "artista " pensam.

Mas isto sou eu ..... e que sei eu?

Olha um beijo :)

Hellena disse...

Saudades de ti, meu querido.
Tenha um ótimo domingo.
Bjsssssssss

Vulgar disse...

Silenciosa,
A tua definição é optima... tu sabes muito... serás tu própria uma obra de arte?
afinal somo unicos e irrepetíveis...
um beijo para ti.

Vulgar disse...

Hellena,
obrigado... e para ti também, boas... dores.
volta sempre, gosto de ti aqui.
Um beijo

A Silenciosa disse...

Que falamos nós sobre vulgaridade há tão pouco tempo?

Existem milhares de silenciosas neste mundo.

Não sou, nem aspiro a ser.

Sou uma mera espectadora.

Um beijo