sábado, 3 de outubro de 2009

macho latino

tive uma pequena conversa recentemente com uma amiga, e ás tantas, por qualquer motivo, também me calhou o rótulo de "macho latino".

a coisa teria passado impune dado o ambiente de brincadeira em que se inseria o "piropo" se hoje não me deparasse com um artigo da MFM na revista do expresso exactamente com este titulo. não fosse aquela conversa e possivelmente não estaria a escrever sobre este assunto.

sinceramente fiquei baralhado e sem saber exactamente qual o conceito que se tem de macho latino no ano 2009. aparentemente está em extinção... tal como o lince da malcata mas apesar disso ainda ocupa lugares importantíssimos como é exemplo o 1º ministro berlusconi...

alem disso fiquei a saber que o macho latino é aquele que passa o tempo a fazer apreciações sobre o sexo oposto do tipo "ela é boa como o milho" ou "é da atar e por ao fumeiro" o que revela ao que parece o grau de imaturidade das conversas masculinas... e é claro que as mulheres nunca têm este, ou outro tipo de conversas equivalentes... falam concerteza dos problemas serissimos da vida que levam e das suas elevadas preocupações sobre o presente e o futuro da humanidade...

é claro que sendo homem, me insiro na categoria de macho, e tendo o português como língua materna sou inevitavelmente latino, não podendo negar nenhum dos grupos referidos estou irremediavelmente no conjunto que resulta da intercepção matemática destes dois grupos exactamente a dos "machos latinos".

sendo assim, na minha condição de macho, de latino, e de conversar com os amigos ou colegas de trabalho na hora do almoço sobre mulheres, faço parte dessa torpe que a MFM acha que está em vias de extinção... logo eu que estou aqui para as curvas e durar mais umas décadas...

apenas mais uma constatação da MFM... diz que ainda existem traços do Neandertal nestes espécimes. bonito. que eu saiba ainda não foi descoberta nenhuma espécie à face da terra apenas constituída por machos...quanto muito há aí umas hemafroditas.

portanto, um pouco de conhecimento de antropologia seria suficiente para saber que existem macho latinos na mesma medida em que existem fêmeas latinas, sendo estas tradicionalmente as principais educadoras dos seus rebentos, não antevejo uma extinção a prazo (se a acusação de macho latino se resume aos parágrafos anteriores).

resta-me ir à procura de uma fêmea latina que me compreenda... será difícil encontrar?

ps1: bem sei que o assunto apenas se destina a vender revistas...penso eu de que.
ps2: será que o gosto pelo sexo está a ser confundido com alguma caracteristica latina especifica ? e os outros, os germânicos, os saxões, os indianos, os asiáticos ? são o quê? não gostam de sexo? como é que se reproduzem?

7 comentários:

{Hellena}MA disse...

Rsrsr ... gostei do texto, querido.
E ainda acho que os "machos latinos" são os melhores ... rsrs
Saudades de te ler
Bjsssssss e bom domingo

DocePecado disse...

Adoro um bom macho latino com doses moderadas de agressividade , mas a doçura tem qu estar em 1º lugar ... Contudo , não me parece que estejas em via de extinção , não .... :)

Jinho terno

A Silenciosa disse...

Concordo que sendo macho e sendo latino será por definição "macho latino".

No entanto a expressão foi "encostada " ao conceito de homem que vê a mulher como objecto destinado ao seu prazer.

E nesse contexto felizmente é um especie em vias de extinção.

Tipicamente só os quarentões/cinquentões serão "machos latinos" havendo no entanto algumas excepções (deploráveis).

Em relação aos restantes tipos de homem......são cor de rosa.....grandes e cor de rosa.....logo......são suínos (ops)

Alonguei-me a dizer disparates....Beijo

Vulgar disse...

Hellena,

sempre na linha da frente...
e em mutação constante...
volta sempre, a casa é tua.
pela minha parte prometo continuar a ser macho... e latino :)

um beijo

Vulgar disse...

Doce Pecado,

difícil imaginar que quem escolheu um nome tão doce não eleja a doçura para 1º lugar como fizeste.

será que o facto de estar aqui a responder é suficiente para provar que não estou extinto ? :)

um beijo

Vulgar disse...

A Silenciosa,

pois, tens razão, são muitos anos de encostanço :)

fico imensamente grato por saber que sendo quarentão, e não sendo excepção sou a regra...:)

ah e quanto à cor... e se fossem verdes? seriam marcianos?

um beijo carbono.

DocePecado disse...

Homens como tu , Vulgar , jamais entrarão em vias de extinção , porque se assim acontecer , então o mundo estará perdido ...

Beijo .. terno